sexta-feira, 17 de setembro de 2010




Is
to tudo ficara pequeno demais para mim
minha cabeça tem sede de um entendimento recíproco, de uma sincronia de pensamentos, não apenas desejos, vontades carnais.
meu corpo pede mais.
Minhas pernas iploram um degrau mais alto,
um outro espaço sideral quem sabe.
Quebro as vitrines impecáveis e vou ao encontro da essência verdadeira,
do pólem, do alvo, da matéria-prima, da resposta, do entendimento, da paz psicológica ao entender de fato o porquê, a razão.
Seja lá do que for.

Eu preciso disto: expandir, descubrir, inventar.
Essa atmosfera já não me traz criatividade e eu talvez não saiba permanecer opaca.

JK

2 comentários:

  1. conheço essa sensação de não ter mais espaços a ocupar.
    beijo!

    ResponderExcluir
  2. Adorei ver meu texto aqui!! Bjo lindona

    ResponderExcluir

Cafézinhos